sexta-feira, 20/04/2018
Início / Dicas de Mãe / Cuidado! Crianças de férias aumentam os riscos de acidentes domésticos

Cuidado! Crianças de férias aumentam os riscos de acidentes domésticos

Para algumas crianças as férias estão quaaaase terminando mas, para outras estão apenas começando. E quando as férias chegam as crianças ficarão mais em casa e é aí que devemos redobrar os cuidados.

Dados do Ministério da Saúde apontam que os acidentes ou lesões não intencionais são a principal causa de morte entre as crianças de 1 a 14 anos de idade.

Quedas, sufocamentos, afogamentos, atropelamentos, choques e intoxicação são os mais comuns. Por isso, além de orientarmos as crianças, é também preciso que pais e familiares tenham cuidados, em especial, de modo preventivo.

Crianças até 4 anos costumam colocar qualquer coisa na boca, não sabem ler se o produto é perigoso, são curiosas, imitam os adultos e podem encontrar produtos tóxicos em todos os locais da casa, em lugares baixos como gavetas, na dispensa e em armários embaixo da pia da cozinha ou do banheiro.

Alguns cuidados que devemos ter em casa:

  1. Fogão: Coloque grades na porta da cozinha ou mantenha a porta fechada quando estiver usando o fogão, principalmente o forno. Sempre os cabos das panelas para dentro do fogão quando estiver cozinhando e prefira as bocas do fogão que ficam atrás. Se um cabo estiver à vista da criança e ela se sentir curiosa em puxar, o acidente pode ser fatal;
  2. Garrafas PET reutilizadas: não reutilize garrafas pet para produtos de limpeza. Quando a criança vê um adulto ingerindo o que está dentro do frasco ela guarda na memória. Lembrem-se que crianças imitam os pais e não tem maldade em verificar o que tem no frasco e acaba ingerindo;
  3. Remédios: a farmácia da casa deve estar acessível apenas aos adultos. Por isso, mantenha fora do alcance das crianças. Mantenha numa altura que a criança não terá alcance;
  4. Brinquedos: Estejam atentos se todos são apropriados para a idade. Brinquedos que não são apropriados para a idade da criança como, massinhas e miniatura de brinquedos só sob supervisão de um adulto. Uma das maiores causas de acidentes são os engasgos com peças pequenas.
  5. Piscinas: se você mora em casa ou apartamentos que possuem piscina devem ser bloqueadas com portões, cercas ou lonas.
  6. Baldes e bacias: não deixe roupas de molho em baldes ou bacias em locais que crianças tenham acesso.
  7. Gavetas: coloque travas em gavetas com objetos cortantes e outros que ofereçam risco.
  8. Tomadas: coloque protetores nas tomadas, evitando assim que a criança coloque o dedo e receba descarga elétrica.
  9. Persianas: Cortinas ou persianas com cordas podem trazer o risco de estrangulamento.
  10. Sacos plásticos:  os sacos plásticos de supermercado são perigosos, pois podem sufocar. É fundamental mantê-los fora do alcance delas. Guarde em puxa-sacos, além de serem peças decorativas são essenciais para a segurança da criança.
  11. Muito cuidado com eletrodomésticos como máquina de lavar roupas (dessas de abertura frontal, principalmente). A criança pode ficar presa.
  12. Não use ferro de passar com crianças brincando próximo, vai que ela tropeça no fio.
  13. Coloque telas nas janelas e evite móveis próximos delas. Mesmo que você more em casa ou num sobrado é necessário esse cuidado.

Lembrem-se, criança supervisionada sofre menos acidentes!

Share Button

Leia Também

A importância da atividade física para crianças

Desde o primeiro ano de vida a criança deve ser estimulada a fazer atividades físicas recreativas diariamente, de preferência ao ar livre.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *